sábado, 5 de novembro de 2011

Um telefone na mão ,
Um número decorado na cabeça 
E uma aflição no coração 
É ai que mora o perigo...


Nenhum comentário:

Postar um comentário